Caminhoneiro – Roberto e Erasmo

Caminhoneiro

Canção 

Tom: D 

Roberto Carlos – Erasmo Carlos

Amigos – Ecra – Sony Music Edições Musicais Ltda

    D7M
Todo dia quando eu pego a estrada

Quase sempre é madrugada
Em7
E o meu amor aumenta mais
 A7
Porque eu penso nela no caminho
 D7M
Imagino seu carinho e todo o bem que ela me faz

A saudade então aperta o peito
 Em7
Ligo o rádio e dou um jeito de espantar a solidão
A7
Se é de dia eu ando mais veloz e a noite todos os faróis
 D7M
Iluminando a escuridão
 G                                               D7M
Eu sei tô correndo ao encontro dela
 Em7
Coração tá disparado
A7
Mas eu ando com cuidado
 D7M
Não me arrisco na banguela
G                                           D7M
Eu sei todo dia nessa estrada
Em7
No volante eu penso nela
  A7
Já pintei no para-choque
D7M
Um coração e o nome dela

Já rodei o meu país inteiro

Como bom caminhoneiro
                                              Em7
Peguei chuva e cerração
A7
Quando chove o limpador desliza

Vai e vem no parabrisa
D7M
E bate igual meu coração

Doido pelo doce do seu beijo
Em7
Olho cheio de desejo seu retrato no painel
A7
É no acostamento dos seus braços
                                                                                                              D7M
Que eu desligo meu cansaço e me abasteço desse mel
 G                                             D7M
Eu sei tô correndo ao encontro dela
Em7
Coração tá disparado
A7
Mas eu ando com cuidado
 D7M
Não me arrisco na banguela
G                                              D7M
Eu sei todo dia nessa estrada
Em7
No volante eu penso nela
A7
Já pintei no para-choque
D7M Em7  A7  D7M   Bb7
Um coração e o nome dela
 Eb7M
Todo dia quando eu pego a estrada

Quase sempre é madrugada
Fm7
E o meu amor aumenta mais
Bb7
Olho o horizonte e vou em frente

Tô com Deus e tô contente
                                                  Eb7M
Meu caminho eu sigo em paz
Ab                                            Eb7M
Eu sei tô correndo ao encontro dela
                                      Fm7
Coração tá disparado
Bb7
Mas eu ando com cuidado
Eb7M
Não me arrisco na banguela
        Ab                              Eb7M
Eu sei todo dia nessa estrada
Fm7            
No volante eu penso nela
Bb7
Já pintei no para-choque
Eb7M
Um coração e o nome dela

Amiga – Roberto Carlos e Erasmo

Amiga

Balada

Tom: Am

Roberto Carlos – Erasmo Carlos

Participação Especial de Maria Bethânia

Amiga perdoa se eu me meto em sua vida
Mas sinto que voce vive esquecida
De se lembrar que tudo terminou
Amiga o pano se fechou no fim do ato
Voce não aceitou da vida o fato
Que desse caso nada mais restou
Aquele por quem voce se desespera e chama
Por quem voce procura em sua cama
Na realidade a muito te esqueceu
Esqueça refaça a sua vida urgentemente
Que o tempo passa e um dia de repente
A gente chora o tempo que perdeu
Amigo eu te agradeço por sofrer comigo
mas tento me livrar e não consigo
De tudo que esse cara foi pra mim
Às vezes eu penso nele tanto que me esqueço
Que qualquer dia desses enloqueço
Por insistir num sonho que passou
Se acaso eu jogo a minha juventude à toa
Nas águas desse pranto me perdoa
E peço o teu conselho sem te ouvir
Mas ele é tudo que mais quero e que preciso
É o ar que necessito e não consigo
Me sufocando se ele não está
Amiga se quer desabafar conte comigo
Mas se voce chorar choro contigo
Amigo é pra essas coisas estou aqui

Acervo

Veja aqui, os discos raros, fora de catálogo, restritos apenas aos “garimpeiros” da obra do Rei:

1959 – A primeira gravação do Rei, com as músicas João e Maria e Fora de Tom.
1960

78rpm com as músicas Canção do amor nenhum e Brotinho sem juízo

1961 – Louco por voce – Primeiro “LP”do Rei, com as músicas: Não é por mim, Olhando estrelas, Só voce, Mr. Sandman, Ser bem, Chore por mim, Louco por voce, Linda, Chorei, Se voce gostou, Solo per te e Eternamente
1962

78rpm com as músicas Fim de amor e Susie – Compacto com as músicas: Malena e Triste e abandonado
1967

Compacto com as músicas Tudo o que sonhei e Fiquei tão triste

O amigo chamado “Zezinho”, ofereceu no ano de 1966/7, um disco compacto fabricado em PAPEL, com apenas uma face, onde foi gravada a musica “O Calhambeque”, tendo no fundo do quadro uma foto do Roberto Carlos e a mensagem “Oi Amiguinhos, o Zezinho disse para dar este disquinho para cada um que comprar uma caneta Sheiffer”.

1968

Compacto com a música L’Ultima cosa
1970

Compacto com as músicas A palavra adeus e 120..150..200 km por hora

1970 – Roberto Carlos narra “Pedro e o Lobo” – De um lado, a Orquestra Filarmonica de New York, rejida pelo Maestro Leonardo Bernstein e do outro lado, Roberto Carlos narrando a história, com arranjos da mesma orquestra.
1976

Amore mi Sbagliai ( Voce já me esqueceu) – Faz parte do disco “Música para amar) – Compilação com vários artistas.
1980

Sentado à beira do caminho – Dueto com Erasmo Carlos no disco “Erasmo Carlos Convida”.
1984

La guerre des gosses(A guerra dos meninos) Participação no LP “Rendez vous”, com a participação de vários artistas famosos cantando em francês.
É tão lindo – Participação especial no LP “A Turma do Balão Mágico.”
1985

– De repente el amor – Compacto – Dueto com a cantora Lani Hall
– Chega de mágoa – Compacto beneficente, distribuido pela Caixa Economica Federal, com a participação de vários artistas brasileiros.
-Cantare cantará – Disco beneficente com a participação de vários artistas brasileiros.

CD lançado por ocasião das Olimpíadas de 1996, onde na música Puedes LLegar, Roberto Carlos canta juntamente com Glória Stefan, Jon Secada, Julio Iglesias, Plácido Domingo, José Luiz Rodrigues, Patrícia Sosa, Alejandro Fernandez, Ricky Martin e Carlos Vives.

Participação especial de Roberto Carlos no CD “Por tu maldito amor,” do cantor mexicano Vicente Fernandez, onde os dois cantam a música “Aunque Mal Paguen Ellas.” Inédita no Brasil.”
Músicas gravadas no exterior e não lançadas no Brasil.

-“Poquito a poco, Tengo que olvidar, Me has Echado Al Olvido “- Todas fazem parte do CD equivalente ao CD Amazônia.
“Una Casita Blanca e Adonde andarás Paloma “- CD equivalente ao CD Super Herói.
– “Abre las ventanas a el amor – CD Sonrie – Equivale ao CD nacional “Se diverte e já não pensa em mim.”
– Sentado a la vera del camiño – Dueto com a cantora Eyddie Gormé no disco “De corazon a corazon, em 1988.

O progresso – Roberto Carlos e Erasmo

O Progresso

Canção

Tom: F

Roberto Carlos – Erasmo Carlos  

Amigos – Ecra – Sony Music Edições Musicais Ltda

Eu queria poder afagar uma fera terrível
Eu queria poder transformar tanta coisa impossível
Eu queria dizer tanta coisa que pudesse fazer eu ficar bem comigo
Eu queria poder abraçar meu maior inimigo
Eu queria não ver tantas nuvens escuras nos ares
Navegar sem achar tantas manchas de óleo nos mares
E as baleias desaparecendo por falta de escrúpulos comerciais
Eu queria ser civilizado como os animais
La la la la la la la la la la la la la la
Eu queria ser civilizado como os animais
Eu queria não ver todo o verde da terra morrendo
E das águas dos rios os peixes desaparecendo
Eu queria gritar que esse tal de ouro negro não passa de
Um negro veneno
E sabemos que por tudo isso  vivemos bem menos
Eu não posso aceitar certas coisas que eu não entendo
O comércio das armas de guerra da morte vivendo
Eu queria falar de alegria ao invés de tristeza mas não sou capaz
Eu queria ser civilizado como os animais
La la la la la la la la la la la la la la
Eu queria ser civilizado como os animais
Não sou contra o progresso mas apelo pro bom senso
Um erro não conserta o outro isso é o que eu penso